Saiba por que o GetApp é grátis

Conheça os benefícios da nuvem híbrida

Publicado em 19/10/2022 por Marcela Gava e Ojasvini

O modelo de nuvem híbrida é adequado para o seu negócio? Neste artigo, o GetApp aborda o modelo de nuvem híbrida e seus benefícios, além de discutir os diferentes tipos de computação na nuvem.

Entenda o que é nuvem híbrida e seus benefícios

Segundo um relatório publicado pela consultoria Mordor Intelligence, entre os anos de 2021 a 2026, espera-se que a indústria global de nuvens híbridas tenha uma taxa de crescimento anual de 21%. O informe também menciona Google Cloud, Microsoft Azure e Amazon Web Services (AWS) como algumas das organizações que estão investindo em soluções de nuvens híbridas. O estudo destaca também a tendência de empresas no mundo todo que optam por um modelo híbrido de nuvem. 

Os negócios podem aproveitar a tecnologia de nuvem híbrida de várias maneiras, gerenciando seus serviços e a distribuição de recursos por meio de um software de gerenciamento de nuvem. Em poucas palavras, muitas organizações podem estar migrando para uma configuração de nuvem híbrida por vários motivos, entre eles flexibilidade, economia de custos e gerenciamento de carga de trabalho.

Explicando o software de gerenciamento de nuvem

O software de gerenciamento de nuvem ajuda as empresas a lidar e acompanhar dados, aplicativos, recursos e serviços disponíveis na nuvem. O principal objetivo desse tipo de sistema é garantir que a infraestrutura de computação na nuvem (chamado também de cloud computing), que inclui elementos de hardware e software, esteja funcionando de maneira eficaz e interagindo com clientes e outros recursos da maneira esperada.

O que é uma nuvem híbrida?

Uma nuvem híbrida é um ambiente de TI (componentes coletivos de uma organização, incluindo hardware, software, aplicativos e outros sistemas) com uma combinação de nuvens públicas e privadas trabalhando em conjunto. 

Uma nuvem privada refere-se a um ambiente de TI que oferece segurança às organizações para armazenamento de dados, garantindo que informações confidenciais não estejam disponíveis para usuários fora da organização. Já a nuvem pública, por outro lado, permite que uma organização compartilhe dados e recursos com esses usuários externos ou terceiros.

Por exemplo, suponha que uma organização “A” esteja trabalhando em um modelo de nuvem híbrida. Nesse caso, a nuvem pública realizaria todas as atividades não críticas, como o manuseio de e-mail, por exemplo. Por outro lado, a nuvem privada executaria as atividades críticas ou mais sensíveis, como a criação de um servidor de banco de dados. Sendo assim, um consumidor “X” em tal configuração só teria permissão para acessar a nuvem pública e não a nuvem privada. 

Em resumo, o modelo de nuvem híbrida oferece às empresas a liberdade de compartilhar com clientes externos apenas os recursos ou serviços que não são críticos para a organização.

Exemplo de nuvem híbrida e outros modelos de cloud computing

Existem diferentes tipos de computação na nuvem, dos quais os quatro tipos mais utilizados (conteúdo em inglês) incluem nuvens públicas, nuvens privadas, nuvens híbridas e multinuvem. A seguir, explicamos as diferenças entre elas.

Exemplo de nuvem híbrida e outros três tipos de nuvens

Quais são as vantagens de uma nuvem híbrida?

Em uma pesquisa realizada pelo Gartner em 2020, a maioria dos entrevistados respondeu que seus negócios planejavam aumentar os gastos de TI com computação na nuvem nos meses seguintes –conteúdo em inglês. 

O relatório afirma ainda que mudanças crescentes nos serviços de infraestrutura e serviços na nuvem (CIPS, na sigla em inglês) podem tornar a nuvem uma das plataformas mais dominantes e amplamente utilizadas. A expectativa é que 40% da carga de trabalho de uma organização seja instalada em CIPS até o ano de 2023, um aumento de 20% em relação a 2020. A seguir, identificamos alguns dos benefícios do modelo de nuvem híbrida.

Flexibilidade para alterar os ambientes de TI

Um modelo de nuvem híbrida pode oferecer às empresas a oportunidade de mudar seus ambientes de TI quando necessário. Por exemplo, uma organização pode mover um serviço específico que não é sensível a dados para a nuvem pública e liberar algum espaço na nuvem privada para armazenar dados mais confidenciais.

Melhor integração de ambientes variados

Uma estrutura de nuvem híbrida pode ajudar as organizações a integrar e conectar diferentes serviços baseados na nuvem, pública ou privada, com aplicativos e recursos disponíveis localmente, permitindo que eles trabalhem juntos. Uma configuração de nuvem híbrida também fornece interoperabilidade, o que significa que dois sistemas de nuvem diferentes podem se comunicar e trocar informações de uma maneira compreensível para ambos.

Elasticidade em caso de restrições orçamentárias

Em determinados momentos, uma organização pode enfrentar variações na demanda e oferta de recursos. Nesses casos, um modelo de nuvem híbrida oferece elasticidade. Em outras palavras, o modelo ofereceria a capacidade de uma organização de aumentar e diminuir os recursos conforme e quando necessário, tendo em mente a necessidade momentânea do negócio. Essa elasticidade pode ser eficaz, especialmente quando há necessidade de reduzir custos.

Ajuda a cumprir os requisitos regulatórios

No que diz respeito à conformidade com os protocolos de segurança, um modelo de nuvem híbrida possibilita que as organizações atendam a esses requisitos. Essa configuração de nuvem permite que as empresas armazenem dados confidenciais na nuvem privada ao mesmo tempo em que trabalham e executam operações na nuvem pública. As organizações têm a opção de mover seus dados de acordo com os regulamentos de segurança em vigor, ajudando a garantir a conformidade com os requisitos exigidos.

Possibilita a economia de custos

Isso quer dizer que os recursos e serviços usados em uma nuvem pública podem ser mais econômicos do que os de uma nuvem privada. Suponha que uma organização não queira gastar muito dinheiro em serviços de nuvem, então ela pode realizar algumas funções na nuvem pública, provavelmente mais barata. A mesma organização também pode usar uma nuvem privada para outros serviços essenciais.

Adotar um modelo de nuvem híbrida é adequado para o seu negócio?

Uma pesquisa da IBM com tomadores de decisões, entre eles profissionais brasileiros, identificou que 77% já implementaram uma abordagem de nuvem híbrida.

O modelo de nuvem híbrida pode não ser ideal para empresas de todos os tamanhos e em todos os setores, porém, organizações que funcionam com dados críticos e informações confidenciais, como no setor financeiro, setor de saúde, telecomunicações e órgãos governamentais, uma configuração de nuvem híbrida torna-se um opção relevante a ser levada em conta.

Busca software de gerenciamento de nuvem? Confira nosso catálogo.

Esse artigo pode se referir a produtos, programas ou serviços ainda não disponíveis em seu país, ou pode ter restrições legais ou regulatórias. Sugerimos que você consulte o provedor de software diretamente para informações sobre disponibilidade do produto ou conformidade com as leis locais.

Sobre os(as) autores(as)

Marcela é analista de conteúdo do GetApp. Jornalista com mestrado em cultura, cobre tendências de tecnologia. Suas pesquisas já saíram em Valor Econômico, Forbes e Exame.

Marcela é analista de conteúdo do GetApp. Jornalista com mestrado em cultura, cobre tendências de tecnologia. Suas pesquisas já saíram em Valor Econômico, Forbes e Exame.


Ojasvini é analista de conteúdo para a Austrália. Compartilha dados sobre tecnologias para PMEs. Inspira-se nas tendências tecnológicas e como elas ajudam as PMEs a crescerem.

Ojasvini é analista de conteúdo para a Austrália. Compartilha dados sobre tecnologias para PMEs. Inspira-se nas tendências tecnológicas e como elas ajudam as PMEs a crescerem.